Massa de Pizza Paulista (fininha) – Pizza do Faustão

A pizza paulista, com a massa fininha chegou Na Cozinha do Carlos nos sabores Marguerita, mussarela, calabresa e muitas outras. A pizza é um dos pratos mais democráticos do mundo, e que mais agrada a todos, desde homens, mulheres e crianças. É o prato ideal para acompanhar o futebol da quarta-feira a noite ou pra levar a namorada para jantar. E é sim, um dos melhores motivos para reunir os amigos e fazer uma baita festa. Aprenda a fazer essa delícia nas versões doce e salgada, reúna os amigos e seja feliz. :D

INGREDIENTES (para 10 discos):

- 15 gramas de fermento fresco ou um pacote de 10 gramas de fermento biológico seco (aquele de pão, um pacotinho);
– 100 ml de azeite de oliva;
– 1 kg de farinha de trigo;
– 500 ml de água fria;
– Sal a gosto (uso 1 colher de chá).

MODO DE PREPARO:

- Numa tigela, misture o fermento e o sal até virar um líquido – preste atenção para desfazer todos os gomos;
– Em seguida,acrescente o azeite, a água e a farinha aos poucos, misturando sempre e delicadamente;
– Jogue um pouco de farinha sobre a mesa onde vai trabalhar e comece a sovar a massa por cerca de 10 minutos;
– Só pare quando perceber que a massa ficou lisa, ainda está úmida e não gruda mais na mesa;
– Divida a massa em 10 pedaços iguais formando bolinhas. Cada bolinha vai ter aproximadamente 160 gramas. Coloque-as em uma superfície untada com farinha deixando um espaço de 3 cm entre elas, cubra com um pano limpo e deixe descançar por aproximadamente uma hora.
– Faça o sua cobertura preferida e divirta-se. :)

NOSSAS COBERTURAS PREFERIDAS:

1. MARGUERITA

- 150 gramas de queijo mussarela;
– 6 rodelas de tomate;
– folhas de manjericão;
– orégano.

2. CALABRESA ACEBOLADA

- 150 gramas de queijo mussarela;
– 100 gramas de linguiça calabresa;
– 30 gramas de cebola em rodelas;
– orégano

3. FRANGO COM BACON

- 150 gramas de queijo mussarela;
– 150 gramas de frango desfiado;
– 50 gramas de bacon picado;
– orégano

4. NUTELLA COM MORANGO

- 150 gramas de chocolate meio amargo,
– 3 colheres de sopa de nutella
– 100 gramas de creme de leite
– 200 gramas de morango

- Pré-asse um disco de pizza e reserve;
– Lave, corte os morangos ao meio e reserve;
– Em uma panela, derreta o chocolate, a nutella e o creme de leite em banho maria;
– Espalhe o brigadeiro de nutella no disco e cubra com os morangos;
– Sirva em seguida.

OBSERVAÇÕES:

- Essa receita rende aproximadamente 10 discos de 30 cm;
– Compre uma pedra refratária – é barata e dá o sabr da pizza no forno a lenha;
– Use a criatividade: peça para cada amigo trazer um ingrediente surpresa e divirta-se;
– Para quantidades menores de massa, basta dividir a receita pela quantidade desejada;
– Se não consumir tudo no mesmo dia, asse os discos, embrulhe-os e guarde no freezer por até 3 meses.

Até a próxima. ;)

Deixe seu comentário

comentários

30 thoughts on “Massa de Pizza Paulista (fininha) – Pizza do Faustão

  1. Boa noite Carlos. Sua receita parece ser excelente. Em 1 semana vou fazer para a galera aqui de casa (Comprei 1 pedra refratária e 1 formo elétrico de 42l). Gostaria de uma dica sua. Em relação ao molho de tomate,você poderia indicar uma receita ou utilizo molho pronto tradicional? Obrigado e mais uma vez parabéns por compartilhar suas dicas!!

    • Olá Eddie, tudo certo? Tenho certeza que não vais te arrepender, porque a receita é muito boa mesmo. Quanto ao molho, vou te confessar: eu uso molho pronto sim. Nenhum motivo especial, mais existem molho prontos muito bons e baratos para essa finalidade. Eu uso o molho Fugini Pizza. Duas colheres de sopa bem espalhadas sobre a massa são o suficiente. Faz aí e depois me diz o que achou. Abraço.

  2. Parabens por compartilhar receitas tao gostosas. Tambem sou de Santa e Bela Catarina (Itapema) e gostaria de saber onde consigo encontrar a pedra refrataria para fazer pizza em forno a gas?

    • Fala Alessandro, tudo certo amigo? Que bom que gostou das receitas. :D Então fera, aqui em Brusque eu encontro na Diagonal (Endereço: Av. Otto Renaux, 312, Centro, Brusque – SC, 88350-210, Brasil – Telefone:+55 47 3351-3036). Já vi ali em Balneário Camboriú na Datapeso – http://www.datapeso.com.br/ . Espero ter ajudado. Grande abraço e volte sempre.

  3. Carlos, obrigado mais uma vez. Vc tem a receita da massa de pizza para apenas uma ou duas porcoes? Para fazer a massa integral e so substituir trigo comum? Abc.

    • Fala grande Alessandro, tudo certo? Então, outra grande vantagem desta massa é que, como ela rende 10 porções, basta dividir os ingredientes para as quantidades desejadas, ou seja, para cada massa de pizza você precisará de:

      – 100 gramas de farinha;
      – 10 ml de óleo;
      – 50 ml de água;
      – 1 grama de fermento em pó;
      – 1 pitada de sal.

      Pra te falar bem a verdade, eu pego a minha balança digital e transformo essas mesmas quantidades em gramas, e o resultado é o mesmo. 100 gramas de farinha, 10 gramas de óleo, 50 gramas de água, 1 grama de fermento e pronto. Não sei qual a magia, mais funciona. Quanto a massa integral, eu nunca fiz, mais tenho uma dica sensacional. Dá uma olhada aqui nesse link. Tanto a massa secreta quanto a de chocolate são as melhores que já comi. A integral não é diferente. Dá uma olhada, experimenta e depois me conta o resultado. – http://www.forumdepizzas.net/t3160-receita-da-massa-integral-do-hassin-deliciosa

      Grande abraço e volte sempre.

  4. Grande Carlos, estou aqui novamente para tirar algumas duvidas. Verificando a sua receita da massa de pizza no youtube vc utilizou o fermento de dificil localizaçao. Quando se utiliza o fermento seco o procedimento é o mesmo? Ou seja, qdo mistuado com o sal ele tbém se dissolve e se torna líquido? Qual o momento certo para misturá-lo? O tempo de espera para o crescimento é o mesmo? Abç.

    • Boa noite Alessandro, tudo certo? Que bom revê-lo por aqui. Quanto ao fermento seco, você não precisa misturá-lo não. Basta adicionar a massa e começar a sovar. O tempo é o mesmo sim. Pra te falar bem a verdade, só utilizei o fermento fresco pois é o que pedia na receita original. Como você mesmo disse, é muito difícil de encontrar. Mais a substituição é tranquila. Para cada kg de trigo, 10 gramas de fermento químico (1 pacotinho). Qualquer dúvida é só perguntar. Grande abraço e volte sempre.

  5. Bom dia Carlos. Fiz a receita e ficou muito bom. O pessoal la em casa gostou muito. Quando estava sovando a massa adicionei um pouco de parmesão ralado. Ficou muito bom. Dava pra comer a borda pura. Obrigado.

    • Olá Marcos, tudo certo? Que belíssima idéia hein… Deu até vontade de fazer AGORA essa do parmesão ralado. Fico muito feliz que gostaram. Se tiver uma foto das pizzas manda que eu publico aqui. :D Grande abraço e volte sempre.

    • Olá Jacinea, tudo bem? Realmente essa pizza é sucesso né? Uma delícia a massa fininha e para os sabores é só usar a criatividade. Que bom que gostou. Vou dar uma pesquisada nessa do pastel e posto sim, sem dúvidas. Um grande abraço e volte sempre. :D

  6. Nota 10. Muito obrigado. Pela primeira vez fiz uma pizza “não-caseira” em casa. Nunca mais compro massa pronta no supermercado. Fiz 4 massas, e a dica deu na mosca: 160gr cada uma depois de separadas. Rolou 3 queijos, calabresa, meia brocolis meia portuguesa, e chocolate.

    • Que beleza Marcão. Essa é a ideia, mostrar que cozinhar é fácil, divertido, uma ótima desculpa para reunir família e amigos além de ser barato e delicioso. E o pessoal aí, curtiu? Grande abraço e volte sempre ao blog. :D

  7. Oi Carlos, comprei a pedra refratária, mas não encontrei pa para tranfererir a pizza, to tendo bastante dificuldade. Vc poderia dar uma dica de ckmo usar a pedra

    • Olá Silvia. É claro que vou te ajudar. Vamos lá:

      1º – Para usar a pedra é simples. Eu fui até uma marmoraria aqui perto de casa, e pedi para cortarem no tamanho do meu forno (medi antes). Com ele cortadinho, é só lavar antes de usar (só água e detergente mesmo) e por no forno. Ligue ele no máximo pelo menos 20 ou 30 minutos antes de usar. A ideia é que, quando a massa vá para cima da pedra, ela comece a torras instantaneamente. Se a pedra estiver fria, a massa irá grudar;

      2º – Encontrei na net alguns lugares que vendem pás para pizza. Segue os links:

      – Loja do Pizzaiolo – http://lojadopizzaiolo.com.br/categories.php?category=P%C3%A1s-de-Pizza
      – Mercado Livre – http://lista.mercadolivre.com.br/pa-para-pizza-forno-a
      – Forno Grill – http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-512597894-pa-de-pizza-fornogrill-_JM

      3º – Aqui na minha cidade, um amigo meu mandou fazer em um soldador. Ficou bem bacana, do tamanho do forno dele e muito mais barato.

      4º – Essa dica vale ouro: Num dos eventos que faço por aqui, certa vez esqueci a minha pá para pizza. Pensei, pensei, pensei e achei uma solução: peguei uma das minhas formas de pizza (aquelas de mercado mesmo), virei para baixo para ficar com uma superfície plana e coloquei perto da pedra. Espetei a ponta da pizza com um garfo e puxei para cima da forma. Funcionou direitinho. Se quiser, já pode usar a tábua onde vai cortar. Coloca ela perto da pedra, espeta a pizza e puxa pra cima da pedra. Vai te quebrar um galhão até achar a tua pá. :D

      Espero ter ajudado Silvia. Qualquer dúvida é só entrar em contato. Um grande abraço e volte sempre. ;)

  8. Olá Carlos vou tentar fazer a pizza. Pergunto: a massa deve ser pre assada antes de colocar o recheio? E o disco pode ser congelado? Para ser congelado devo pre assa-lo? Agradeço a atenção e aguardo resposta. Abraços.

    • Olá Roseli, tudo bem?

      Bom, eu já tentei das duas maneiras, pré assando e montando crua e mandando pro forno. A pré assada funciona melhor. O resultado final fica mais crocante. Com a massa crua, se você motar na mesa e for um dia quente (ou até mesmo o calor do forno deixando a cozinha quente) ela gruda em qualquer superfície e vira um parto desgrudar depois. Então, pré assar primeiro e rechear depois. ;)

      Pode ser congelado sim. Eu tenho pizza sempre aqui no meu freezer. Inclusive algumas a quase 3 meses. Na hora de fazer é só deixar descongelando em temperatura ambiente ou de um dia para o outro dentro da geladeira.

      Mesmo esquema. Para congelar pré asse os discos antes. :D

      Qualquer dúvida é só perguntar. Grande abraço e volte sempre. ;)

    • Fala Hugo, tudo certo?

      Então amigo, eu uso sempre o forno no máximo. Se tiver dourador, ligo também. O tempo varia de forno pra forno más, em geral e se tiver com a pedra já quente, a cada 4 ou 5 minutos sai uma pizza. O meu contador de tempo é quando vejo o queijo derretido e as bordas da pizza já douradas.

      Abraço e volte sempre. :D

  9. Pingback: Na Cozinha do LeitorNa Cozinha do Carlos | Na Cozinha do Carlos

  10. Olá Carlos, tenho me aventurado nas pizzas e achei a sua receita ótima. Comprei um livro “Pizza do faustão” que aconselho a todos comprarem pois tem umas receitas de sabores muito bons.

    Queria pedir uma gentileza, se poderia postar fotos da sua pedra, do forno e da pá de pizza para copiarmos por aqui, heheh. Se puder mandar para meu email eu agradeço. Isaias@auditstock.com.br

    Outra dúvida, qual tempo médio que vc deixa a pizza no forno pra massa fina ficar bem crocante?

    Grande abraco

  11. Carlos, amei a receita pretendo fazê-la logo. Só uma dúvida.
    Na hora de congelar a massa que sobrou. Congelo as bolinhas cruas mesmo em saquinhos separados? Ou devo transformá-las em disco, pré assar e depois congelar?

    • Bom dia Isabela, tudo bem?

      Que bom que gostou. Pode fazer sem medo que fica uma delícia. Então, quanto as massas, nunca tentei congelar as bolinhas de massa. Eu abro os discos, pré asso e mando para o congelador, a principio sobre uma superfície plana até que congelem, para que fiquem retinhas. Quanto ao tempo, acho que 15 dias duram tranquilamente, mais duvido que vocês levem tanto tempo para consumir… :D grande abraço e volte sempre ao blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>